Sefaz se reúne com PGE, MPCE e SSPDS para traçar estratégias de combate à sonegação fiscal

Representantes da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Ministério Público do Ceará (MPCE) e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) participaram, nesta segunda-feira (06/05), da primeira reunião do grupo operacional do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). A iniciativa tem o objetivo de implementar ações conjuntas de combate à evasão fiscal.

Na ocasião, foram estabelecidos critérios de notificação de devedores para permitir o pagamento de dívidas tributárias antes do encaminhamento de informações à Polícia Civil e ao Ministério Público, sugerindo a representação criminal. Ficou decidido, também, que os integrantes do Cira irão se reunir semanalmente.

O promotor Ricardo Rabelo e o auditor fiscal Glison Pinheiro foram escolhidos, respectivamente, como coordenador e suplente do Comitê Operacional do Cira. Ricardo Rabelo comanda o Grupo de Atuação Especial no Combate à Sonegação Fiscal do MPCE (Gaesf), enquanto Glison Pinheiro conduz a Coordenadoria de Pesquisa e Análise Fiscal (Copaf) da Sefaz.

Para representar a Sefaz no Comitê Operacional, foram indicados os servidores Glison Pinheiro (titular) e Daniela Gouveia (suplente), que é orientadora da Célula de Pesquisa, Análise e Investigação (Cepai) da Secretaria.

Participaram, ainda, do encontro os procuradores Camily Cruz, Paulo Roberto Mourão e Débora Ximenes; os delegados da Polícia Civil, Paulo Cid da Silva Filho e Ismael de Araújo; além dos promotores de Justiça, Morgana Chaves e Francisco Xavier Lima.

Atualizado na data: 08/05/2019